Páginas

Volta às aulas requer cuidados com piolho

As aulas estão para começar, e uma das preocupações dos pais e professores é a proliferação dos piolhos entre os estudantes. O contato diário entre as crianças é a principal forma de contágio e transmissão do piolho, que se torna mais comum nesta época do ano. 


A prevenção ainda é a forma mais eficiente de manter os pequenos longe do problema. Segundo a pediatra, Gabriele Ulmer, os pais devem examinar a cabeça de seus filhos semanalmente. “É importante utilizar um pente fino todos os dias e em todos os membros da família, principalmente se a escola indicar a existência do contágio por outras crianças”, explica a médica.

Para Gabriele, o pente fino é o meio mais eficaz de retirar os piolhos e as lêndeas do cabelo das crianças. Isso porque, muitos parasitas já estão resistentes a produtos usuais como os xampus, que podem irritar o couro cabeludo e apresentar componentes tóxicos.

As medicações via oral também deixam a desejar na eliminação do problema.  As substâncias eliminam os piolhos, mas não alcançam as lêndeas, ovos do parasita, que ficam presos em todo o comprimento dos cabelos. Estes ovos dão vida a novos piolhos, que acabam reinfestando a cabeça das crianças.


Pente fino: opção segura e eficaz



A Lolly, empresa fabricante de produtos infantis, trouxe ao Brasil o pente fino com haste de aço, o único que remove por completo o piolho e a lêndea, que se hospedam no cabelo e no couro cabeludo de crianças e adultos. Ele conta com um espaçamento milimétrico entre as cerdas, com tamanho menor que o desses parasitas, o que possibilita a remoção total.

Segundo o gerente industrial, Mauro Villas Boas, o espaçamento entre as cerdas do pente fino comum é maior que o tamanho das lêndeas, o que acaba dificultando a remoção. Assim, muitos ovos permanecem no cabelo, causando uma nova infestação. Nos casos de cabelos compridos e enrolados, o pente fino também não é eficaz. “Por isso, trouxemos essa tecnologia, que já é sucesso na Europa e nos Estados Unidos, para que os brasileiros experimentassem o produto”, explica Mauro.

O consumidor, Reginaldo Ferreira Supriano, tentava há um mês eliminar as lêndeas e os piolhos da cabeça de filha Rhauane. “Utilizamos diversos produtos e xampus indicados para o combate e nada resolveu”, explica Reginaldo. Segundo ele, o pente com hastes de aço foi a única alternativa eficaz na remoção dos parasitas. “Fiquei cerca de 30 minutos retirando as lêndeas e os piolhos da cabecinha dela e estamos muito felizes com a eficiência do produto”, finaliza.

Diga não às receitas caseiras

A pediatra, Gabriele Ulmer, alerta para os riscos de receitas caseiras muito indicadas por familiares, professores e também na internet. “Tratamentos inventados em casa não são efetivos e podem ser muito perigosos para a saúde de toda a família”, completa. 
A médica finaliza que a prevenção e os cuidados são muito importantes, já que o piolho pode trazer complicações como dermatites com lesões que são visíveis na nuca e até escoriações.

Dicas contra o piolho

·         Evite o contato direto cabeça/cabeça. Essa é a forma mais comum de pegar piolho;
·         Não compartilhe objetos como pentes, bonés, roupa de cama, entre outros. Lave-os com água quente para evitar a contaminação;
·         No caso de cabelos compridos, mantê-los sempre presos;
·         Examine o cabelo de toda a família semanalmente.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© BL Design - 2014/2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo